Home
Longe das musas, perto da rede Versão para impressão E-mail
Autor: Fernando José Pereira   
01-Fev-2008
Índice
Longe das musas, perto da rede
Notas sobre o museu contemporâneo
Museu e exterior: relações problemáticas
O museu e o alargamento digital
Bibliografia

Palavras-chave:

Resumo

O museu continua a ser o centro do território, mesmo que expandido, da arte contemporânea. Afirma-se como o local mais predisposto à reflexão sobre as propostas mais inovadoras e avançadas, por isso, também, corporiza as periferias e as margens. Situação curiosa de dualidade que comporta algumas questões a colocar.

Clique aqui para fazer download do texto completo em PDF.

Durante todo o século XX o museu foi sendo encarado como um ente exterior aos pressupostos da vanguarda. Para além do, hoje reconhecido, fracasso óbvio da proposição, ela acumula, também em si, um erro grave de desocupação de um espaço determinante. Perante esta recusa, outras perspectivas, mais conservadoras, operaram a ocupação e, assim, instituíram o museu como sua imagem especular. A opção anti-museu levada a cabo com o afastamento para as margens, mais do que criar alternativas ao centro, proporcionou o seu alargamento. O que remete para duas possibilidades deixadas em aberto. Primeiro, a de que não foi de todo fracassado o trabalho aí produzido, apenas re-situado. Segundo, com a queda da exterioridade, o museu apresenta-se, de novo, como hipótese de ocupação – já não como lugar de extinção cadavérica – mas, antes, como lugar de intervenção. Pelas limitações hoje existentes, designamos o museu, segundo uma visão de operador, como um lugar bartlebyano.

Se pensarmos, também nas intervenções levadas a cabo no seu exterior, então, a reflexão anterior torna-se, quase, uma evidência.

Mas o museu contemporâneo expande-se continuamente. Agora, para a rede. Os posicionamentos e possibilidades tornadas possíveis levantam outros problemas, já não de intervenção, mas de adequação.



 
Adicionar artigo a:Estes ícones permitem adicionar o presente artigo a redes de "social bookmarking".
  • slashdot
  • del.icio.us
  • technorati
  • digg
  • Furl
  • YahooMyWeb
  • Reddit
  • Blinklist
  • Fark
  • Simpy
  • Spurl
  • NewsVine